Serra do Rio do Rastro: Conheça suas belezas!

A Serra do Rio do Rastro impressiona pela beleza natural das montanhas gigantes, pela densa mata ainda intocada, pelas cascatas que se formam.


Por fim, pela coragem e astúcia dos homens que abriram caminhos, projetaram e construíram a estrada, uma verdadeira trilha de asfalto em meio a mata, rasgando a serra íngreme. 


Este local encurtou distâncias, ligou o litoral com a Serra e Oeste Catarinense e ainda nos presenteou com um magnífico ponto turístico. Pensando nisso, preparamos um conteúdo com tudo o que você precisa saber sobre a região.


Por isso, confira como chegar na Serra do Rio do Rastro, as principais atrações e quando visitar a região. Boa leitura!


Curiosidades da Serra do Rio do Rastro


O trecho que tem aproximadamente 11 quilômetros, é uma das mais famosas estradas do Brasil, e impressionantes do mundo. A Serra do Rio do Rastro tem como principal característica, as subidas extremamente íngremes, muitas curvas fechadas, além de mirantes espetaculares, entre montanhas e penhascos.


Para ter uma vista privilegiada de toda a Serra, você pode subir a estrada e chegar até o alto, onde existe um mirante, com uma estrutura apropriada para receber turistas. Ainda ao longo do trecho existem vários mirantes menores, que vão dando a dimensão do local com uma visão mais aproximada e detalhada do local.


O trecho da estrada da serra faz parte da SC-390 que liga o litoral à Serra Catarinense. No pé da Serra fica o município de Lauro Muller no sul do estado e no alto, Bom Jardim da Serra. A estrada foi construída na década de 50 e tem 284 curvas. 


Como chegar a Serra do Rio do Rastro?


As maneiras de como chegar à Serra do Rio do Rastro dependem de onde você sair. Assim, é possível subir ou descer a serra. 


Você pode chegar de avião até a capital catarinense, Florianópolis, e ali alugar um carro com a Movami, que tem loja do lado do aeroporto. Posteriormente, seguir pela BR 101 até chegar a SC 390, e pode subir a Serra com calma. 


Assim você aprecia a paisagem e pode parar nos mirantes, restaurantes ou vendas que existem ao pé da Serra. De Floripa até a Serra são 220 quilômetros aproximadamente.


Ainda você pode chegar em Navegantes de avião, e alugar um carro, também com a Movami que a exemplo de Floripa, também tem uma loja estrategicamente instalada ao lado do aeroporto. 


Da mesma forma, percorre pela BR 101, passando por parte do litoral catarinense, chegando à SC-390, em um trecho de 310 quilômetros, até chegar ao pé da Serra em Lauro Müller. 


Quem chega de cima


Já para quem vem do Oeste catarinense, uma boa opção é chegar por São Joaquim, pela BR 282, passando por Urubici até Bom Jardim da Serra e descer a serra. É um passeio maravilhoso para fazer em um dia de sol, onde é possível apreciar cada curva e todos os montes que existem na região.  


Um risco que o turista corre, é fazer o passeio em um dia com o tempo fechado ou com neblina, o que acaba dificultando um pouco a visibilidade. Isso pode acontecer em qualquer hora do dia e época do ano. 


No inverno, a paisagem fica linda com o frio, geada ou neve. Mas é aí que você pode encontrar a estrada fechada, porque se formam camadas de gelo, tornando o trecho intransitável e perigoso.


Ainda em dias de chuva, se forma uma lâmina de água sobre a pista. Com grandes volumes de chuva, verdadeiras cascatas se formam, que por vezes cobrem meia pista ou colocam em risco quem transita por ali, em função das pedras que podem se soltar dos paredões.


Como a Serra fica a 1.500 metros de altitude e apenas 50 quilômetros do mar, o tempo pode ficar instável de repente. Por isso, sempre tenha um agasalho à mão.


O que fazer na região da Serra do Rio do Rastro?


Agora que você já conhece um pouco mais sobre a Serra do Rio do Rastro, que tal conhecer as atividades da região? De modo geral, o ideal é você se hospedar em um hotel, pousada ou hotel fazenda das cidades da serra catarinense e fazer os passeios a partir daí.  


Nas cidades de Urubici, São Joaquim, Urupema ou em Bom Jardim da Serra, você encontra uma diversidade de hotéis tanto rurais quanto urbanos, além de charmosas e aconchegantes pousadas. Tudo muito bem preparado para receber os turistas, com comidas típicas e um sabor único. 


Os hotéis fazenda ainda proporcionam a lida de campo, com ordenha, passeios a cavalo, de carroça, charrete, além de outras atividades ao ar livre. Crianças e adultos se divertem.


Para quem ainda não sabe, não é só na região do Rio Grande do Sul que se encontram cânions incríveis, mas Santa Catarina também nos presenteia com esta natureza exuberante.


Mas não são só as belezas naturais que você pode se encantar. Aproveite a noite para conhecer e se deliciar com os melhores cafés coloniais, bem como restaurantes que servem deliciosos fondues, massas, vinhos e outros pratos típicos do inverno. Entre as principais atrações podemos destacar:


  • Mirante Serra do Rio do Rastro;

  • Cânion da Ronda e Usina Eólica;

  • Mirante Serra Parque;

  • Cascata da Barrinha;

  • Cânion do Funil.


Conheça a Serra do Rio do Rastro com a Movami


Agora que você já conhece tudo sobre as belezas naturais da Serra do Rio do Rastro, que tal programar a sua próxima viagem?


Para ajudar na sua viagem, a Movami conta com uma excelente frota de veículos, com manutenções preventivas e ótima qualidade. Além disso, contamos com vantagens como: diária de 27 horas e condutor adicional gratuito. 


Para saber mais sobre nossos serviços, acesse nosso site ou conheça nossas lojas em Florianópolis, Blumenau e Navegantes. 


Para acompanhar outros conteúdos e ter acesso a novas dicas, acesse o Blog da Movami!